19 de ago de 2009

Denúncia

Em sequência à exposição pelo Greenpeace de uma indústria petrolífera secreta, destinada a ocultar do grande público suas ações (as quais vão contra a legislação climática nos Estados Unidos), todas as outras maiores indústrias petrolíferas foram colocadas sob observação, de forma que ninguém caia no mesmo erro.

Durante a denúncia, um memorando “vazou” da API (american petroleum institute), revelando seu pedido aos membros para que “mascarassem” seus empregados como “cidadãos em prol da energia limpa”, em corridas de carros pelo país durante o mês de agosto. Essa tentativa de enganar políticos e opinião pública, ao forjar uma falsa imagem preservacionista, foi denunciada pelos ativistas do Greenpeace que faziam campanha na sede da API em Washington.

Os ativistas também conseguiram erguer um banner que dizia “Fraude climática financiada por grandes petrolíferas”, junto das logos de gigantes do petróleo como ExxonMobil, Shell, BP e Chevron.

Leia a notícia na íntegra no Greenpecae International.

Um comentário:

  1. Isso parece coisa de criança, ou o tipo de trapaça que o Dick Vigarista faria na Corrida Maluca. É incrível que, num mundo cada vez mais tendendo a alternativas energéticas, ainda existam cabeças medievais lutando pra esconder suas maquinações ilegais do mundo. E ainda fizeram um serviço de porco, senão ninguém descobriria. Grande postagem, minha musa. Beijos.

    ResponderExcluir